Dialogismo e Educação: uma aproximação entre Paulo Freire e Mikhail Bakhtin?

Marcelo Rythowem, Jair José Maldaner

Resumo


Resumo: A proposta defendida nesse artigo é estabelecer uma leitura do dialogismo a partir de Paulo Freire e Mikhail Bakhtin. Ambos apresentam uma série de convergências, divergências e complementaridades em suas reflexões. Na obra de ambos há reconhecimento de que os seres humanos só se constituem a partir da relação com os outros em um processo dinâmico, histórico e inacabado. Emerge de suas reflexões uma ética de compromisso para a superação do processo de reificação dos seres humanos. Ressaltamos o diálogo como fundamento da existência humana que só pode realizar sua vocação ontológica em “ser mais” na dinâmica das relações dialógicas que estabelece com os outros em processo contínuo e aberto. Abordamos também as possibilidades no campo educativo de transformação das relações sociais pela formação de personalidades democráticas capazes de se reconhecerem como atores-autores da construção da história.

Palavras-chave: Dialogismo. Educação libertadora. Polifonia. Consciência.

DIALOGISM AND EDUCATION: IS THERE AN APPROACH BETWEEN PAULO FREIRE AND MIKHAIL BAKHTIN?

Abstract: The proposal defended in this article is to establish a perception of Paulo Freire and Mikhail Bakhtin’s dialogism. Both have presented a series of convergent, divergent and complementary ideas in their reflections. They recognize, in their work, that human beings are only formed from the relation with others in a dynamic, historical and unfinished process. It emerges from their reflections an ethic committed to overcoming the process of reification of human beings. It is emphasized, as well, the dialogue as the foundation of human existence that can only fulfill its ontological vocation in "being more" in the dynamics of the dialogical relations that it establishes with others in a continuous and open process. Accordingly, the possibilities concerning the educational transformation of social relations thought the formation of democratic personalities were also approached, which are capable of self-perceiving them as authors-actors of the historical process.

Keywords: Dialogism. Liberating education. Polyphony. Consciousness.


Palavras-chave


Dialogismo; Educação libertadora; Polifonia; Consciência

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN. Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. 3. ed. São Paulo: Hucitec, 1986.

BAKHTIN. Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de janeiro: Forense Universitária, 1997.

BAKHTIN. Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BEISIEGEL, Celso de Rui. Paulo Freire. Recife: Fundação Joaquim Nabuco; Massangana, 2010.

EMERSON, C.; MORSON, G. S. Mikhail Bakhtin: criação de uma prosaística. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2008.

FIORIN, José Luiz. Polifonia textual e discursiva. In: BARROS, Diana Luz Pessoa de; FIORIN, José Luiz (orgs.). Dialogismo, polifonia, intertextualidade: em torno de Bakhtin. São Paulo, EDUSP, 1994.

FIORIN, José Luiz. Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática, 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança. 12 ed. Rio de Janeiro, 2005a.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 44 ed. Rio de Janeiro, 2005b.

GERALDI, João Wanderley. Paulo Freire e Mikhail Bakhtin: o encontro que não houve. In: CORTESÃO, Luíza et al. Diálogos através de Paulo Freire. Porto: Instituto Paulo Freire de Portugal; Centro de Recursos Paulo Freire da FPCE, 2003; 2004. p. 37-52. Col. Querer Saber, v. 1

LÉVINAS, Emmanuel. Totalidade e infinito. Lisboa: Edições 70, 1988.

STAM, Robert. Bakhtin: da teoria literária à cultura de massa. São Paulo: Ática, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Instituto Superior de Filosofia Berthier (IFIBE) | Rua Senador Pinheiro, 350 - Bairro Vila Rodrigues - CEP 99070-220 - Passo Fundo, Rio Grande do Sul - Brasil | Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2526-5709