O amor como fundamento das relações sociais humanas em Agostinho

Alexandre José Hahn, Daiane Rodrigues Costa

Resumo


Este trabalho aborda a concepção agostiniana sobre os fundamentos cristãos de uma sociedade justa. Motivado pelo execrável acontecimento do saque a Roma, no ano de 410, em um Império já em declínio, Agostinho propõe-se a pensar o que deveria fundamentar uma sociedade sólida e forte. Chega à conclusão de que uma sociedade cujos os cidadãos colocam os bens materiais privados acima do bem comum tendem a desaparecer na história. Por sua vez, a cidade que possui um bem comum forte e imaterial tende a permanecer. A essa sociedade deu o nome de Cidade de Deus.

Palavras-chave: Amor. Civitas. Felicidade. Sociedade. Deus.

Love as a foundation of relationships human social in Augustine

Abstract: this work deals with Augustine's conception of the Christian foundations of a just society. Motivated by the deplorable event of the sacking of Rome in the year 410, in an already declining Empire, Augustine proposes to think what should be the basis of a solid and strong society. He comes to the conclusion that a society whose citizens place private material goods above the common good tend to disappear in history. In turn, the city that has a strong and immaterial common good tends to remain. This society was called the City of God.

Keywords: Love. Civitas. Happiness. Society. God.


Palavras-chave


Amor. Civitas. Felicidade. Sociedade. Deus.

Texto completo:

PDF

Referências


Agostinho. A Cidade de Deus. Trad. Oscar Paes Leme. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

_______. Comentário ao Gênesis. Trad. Agustinho Belmonte. São Paulo: Paulus, 2005.

_______. A Vida Feliz. Trad. Nair de Assis Oliveira. São Paulo: Paulus, 2014.

COSTA, Marcos Roberto Nunes. Introdução ao pensamento ético-político de Santo Agostinho. São Paulo: Loyola, 2009.

GILSON, Étienne. Introdução ao estudo de Santo Agostinho. Trad. Cristiane Negreiros Abbud Ayoub. 2. ed. São Paulo: Discurso Editorial; Paulus, 2010.

SWINBURNE, Richard. Por que razão Deus permite o mal?. In: ______. Será que Deus existe?. Portugal: Gradiva, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Instituto Superior de Filosofia Berthier (IFIBE) | Rua Senador Pinheiro, 350 - Bairro Vila Rodrigues - CEP 99070-220 - Passo Fundo, Rio Grande do Sul - Brasil | Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2526-5709